Ministério da Saúde declara fim da emergência nacional para Zika e Microcefalia

Ministério da Saúde declara fim da emergência nacional para Zika e Microcefalia. Decisão ocorre 18 meses após a decretação de emergência. Os casos de Zika e microcefalia apresentaram queda em todo o país.

O Ministério da Saúde divulgou hoje os últimos dados sobre dengue, chikungunya e zika vírus. Até 15 de abril, foram notificados mais de 113 mil casos prováveis de dengue em todo o país, uma redução de 90,3% em relação ao mesmo período de 2016. A queda no número de mortes também foi expressiva: uma redução de 96,6%, passando de 507 em 2016 para 17, este ano. As regiões Centro-oeste e Norte apresentaram maior incidência de casos prováveis de dengue. Entre as unidades da federação, Tocantins é o estado com maior incidência.

Também houve redução dos casos de chikungunya e zika. Em relação à febre chikungunya, a redução foi de 68,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Foram registrados 9 óbitos até 15 de abril. No ano passado, foram 196 mortes. As maiores taxas de incidência ocorreram nas regiões Nordeste e Norte. Tocantins e Roraima estão entre os três estados com maior taxa de incidência por 100 mil habitantes.

Já em relação ao zika vírus, a redução foi de 95,3% em relação a 2016. Não houve registro de óbitos pela doença em 2017. No ano passado foram 8 mortes.

EBC

5 meses ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *